15/07/2008

Olha, é conteúdo de verdade!

Quebrando a tradição de postar besteiras, vídeos do youtube e comentários sobre notícias estranhas, vai aí outro mini-conto. Esse é um pouquinho mais comprido, mas ainda assim considero mini.



O telefone tocou três vezes antes dele atender.

- Alô.

- Marcelo? – diz a voz feminina.

- Hum.

- Você não apareceu.

Silêncio.

- No cinema. Ontem. Você ia me encontrar e não apareceu.

- Olha, eu não estou em condições---

- Você é que queria me encontrar. Eu não estou ligando de desesperada nem nada... Só queria dizer que você é um idiota. Se acha que é engraçadinho deixar uma garota como eu esperan---

Barulho. Ritmado como passos, mas de algo muito grande. E um rosnado. Quase um guincho, na verdade, mas com mais profundidade. Depois disso uma interferência (ou vento soprando no microfone). E...

- AHmeuDEUS!

- Marcelo? Tudo bem?

Madeira se quebra ao fundo. Garras raspam no concreto. Uma fungada (ou seria a rede falhando?). Passos apressados. Agora, sim, a linha do celular falteia. Laura considera desligar e ligar mais tarde. Ele parece ocupado.

- Eu... – Ele respira fundo, tenta não parecer ofegante – Essa... Não é... Uma boa... Hora. Mas... Se adianta... Desculpa. Eu não tinha... Como.

A resposta e um estouro. Depois um urro. Ao longe, bem baixinho, ela pode ouvir outras vozes se aproximando. O urro torna-se um guincho torna-se um choro e se cala. O baque surdo de algo pesado caindo ao chão. Muito pesado.

- Tudo certo aí?

- --okay, wyrm derrubada, certifiquem os sinais vitais e vamos dar continuidade ao anilhamento. Opa, desculpa, eu estava falando com o pessoal aqui. Tive uma chamada de última hora. Emergência dracônica, um espécime recém-desperto estimamos que de 400 anos.

- Eu achei que eles não existiam mais.

- É bom que existam ou eu estaria sem emprego. Hahaha.

Laura ri junto, meio nervosa. Depois ela inventa um motivo para desligar antes que ele possa remarcar o encontro. Ainda que não seja fácil para uma meia-dríade em sobre-peso achar um namorado, de jeito nenhum que ela vai sair com um cara que gosta de estar perto de monstros escamosos que pesam toneladas. Existe desespero e existe desespero. Só faltava ele ser um daqueles que escrevem “padrão vertical diferenciado” no perfil*.

Além do mais, ela pensa se servindo de um pouco mais do sorvete de chá-verde 100% vegetal, ela não agüenta mais biólogos. E ele deve cheirar a fumaça.

* Laura não gosta de termos politicamente corretos e costuma olhar com suspeita quem prefere usa-los. Existe algo de muito estranho em alguém que gosta de esconder sua imagem em conceitos nebulosos como “hominídeo de herança cultural mista”.

Creative Commons License
Esta obra de Saoki está sob uma licensaCreative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.


Na verdade, eu estou postando isso aqui por curiosidade. Não sei como alguém que não seja eu pode reagir a esse tipo de conteúdo. Não tenho a mínima idéia. Por isso, exatamente para ter cobaias, eu estou postando. Tenho meia dúzia de historinhas de fantasia moderna com um certo pastiche de D&D dentro delas, mas não sei o que fazer. Possivelmente vou escrever e postar por aqui, ver se divirto alguém. É o mínimo, certo?

4 comentários:

  1. Interessante... Seu eu fosse ela tambem nao sairia com esse cara...

    Fazer o que, opostos NEM sempre devem ser analisados tao profundamente ;D

    ResponderExcluir
  2. Meu, eu odeio quando ninguem posta nos posts mais importantes... ¬¬

    Onde jah se viu deixar os contos da Saoki sem comentario!?

    ResponderExcluir
  3. noapte buna (boa-noite) cara Letícia Saoki, certo? Meu nome é Vlad, conde Vlad, e adorei vosso 'mini-conto', muito divertido mesmo... Conheci vosso divertido blog pelo blog do grande Moisés, gente muito boa ele... Tu tens grande versatilidade e facilidade para contar histórias, no início pensei que tratáva-se de um 'Lobisomem' mas depois constatei que era uma 'dragonêsa' na realidade? ou Dragão? Enfim, excelente! Minunat! (maravilha)! Perdoe-me às vezes me expressar em romeno, mas é a força do hábito, aguardo novos mini-contos ansioso, um abraço do conde, nhac, nhac, nhac, 'pa', digo, tchau! Voei!

    ResponderExcluir
  4. o.O

    Ele me persegue!!!!

    SOCORRO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Posta logo, to com saudades... :)

    ResponderExcluir

Comentários são apreciados. Spam é punida com a morte.