11/10/2005

Plugando...

O Quadrinhista Independente


Muitas pessoas têm a idéia errada sobre os quadrinhistas independentes e creio que isso seja, em parte, culpa da grande influência do trabalho do Crumb e dos outros artistas dos underground comix no mundo dos Quadrinhos.

Ser um quadrinhista não é, necessariamente, ser um nerd com óculos grosso, que tem dificuldades para se relacionar com as pessoas à sua volta, tímido e introvertido, sempre trancado em seu quarto desenhando histórias introspectivas e auto-biográficas. Nem todos os quadrinhistas são tristes e depressivos e se alimentam da podridão do mundo pra criar seus contos escuros e deprimentes.

Também não estou dizendo que os que são assim são ruins, longe de mim. Mas acho que as pessoas associaram muito uma coisa à outra, ao invés de entenderem que aqueles artistas eram assim, na sua época específica e fizeram seu trabalho refletindo isso tudo, mas que essa não é uma fórmula. O mais importante do trabalho deles foi quebrar com o que estava sendo feito até ali e fazer algo totalmente diferente.

Você não precisa ficar reclamando da vida pra virar um quadrinhista, nem falar somente do lado podre da vida nas suas histórias, nem se contentar com o mínimo, com as sobras, com o lixo. Você precisa saber o que quer e saber valorizar isso, ao invés de somente aceitar uma fórmula que lhe foi entregue de bandeja. E precisa querer mais, porque existe muito mais a ser feito.

Ser um quadrinhista pode ser tão grande quanto você puder imaginar e sua vida pode ser tão alegre e emocionante quanto você decidir que ela seja, mesmo vivendo num mundo cheio de desigualdades e injustiças. É preciso quebrar as barreiras que nós mesmos colocamos nos nossos trabalhos se quisermos ser ouvidos e levados a sério.

Ser um quadrinhista independente significa que só depende de você, mais niguém. Você pode contar qualquer história e pode ser feliz.

Gabriel Bá

3 comentários:

  1. Eu nunca achei que quadrinhistas fossem assim. Talvez porque eu vim dos mangakas que eram pessoas "normais" e felizes. Ou não.

    Pessoas depressivas são diretores de filmes cult. Eles sim são depressivos. Para ser diretor e ser feliz precisa ser de trash mesmo!! ^^

    Te amo, muito!

    ResponderExcluir
  2. Opa... Eu amo a leticia, não o muito... Desculpe... tava no modo automático de escrever...

    ResponderExcluir
  3. seu LETA ;P
    hehehehehehehehhe

    Nah, também te amo, moço. ^__^

    ResponderExcluir

Comentários são apreciados. Spam é punida com a morte.